top of page
  • Foto do escritorJessica Barros

O retorno dos tribunais: Ações estratégicas que você pode tomar para prospectar e fidelizar clientes


O retorno dos tribunais é uma data importante! Não só porque os prazos voltam ao normal – ou seja, trabalho e dinheiro no bolso do advogado de contencioso – mas, especialmente porque é uma importante oportunidade de prospecção e fidelização de clientes.


Como assim, Jessica? Não entendi... Calma, vou te mostrar e você vai entender.


Primeiro vamos falar de fidelização.


Qual é a maior dor do cliente jurídico? Sim, essa mesmo: A falta de informação.


É comum, quase que rotineiro, o cliente que quer trocar de advogado... E quando é questionado o motivo, 90% das vezes a resposta é: Ele não me dá notícias no meu processo!


Tenho certeza que você já ouviu algo assim (ou ao menos parecido com isso), acertei?


Pois é! Costumo dizer em minhas redes sociais (se você não me segue entre lá para conferir meu conteúdo sobre tribunais) que:


cliente jurídico não quer ser encantado, isso é um mito! Tudo o que ele quer é solução e informação. E por que digo isso?

Suponha o seguinte: Você foi contratado para uma demanda. Você vai lá ajuíza a ação e depois de dizer ao cliente, “protocolei seu processo”, você simplesmente some e só aparece 5 anos depois quando o processo acaba para dizer: “ganhamos!”


Mesmo com a boa notícia – isso é claro considerando que ele não procurou outro advogado nesse meio de tempo e te abandonou – você pode ter certeza que ele não ficará satisfeito. Se a notícia for ruim, então...Pronto você arrumou um grande hater da sua marca profissional.


Situação outra se dá se, independente de você ganhar ou perder, esse cliente tiver passado esses 5 anos de tramitação processual sendo informado sobre cada ato que você realizou no processo. E por quê? Simplesmente porque você fez dele algo que originalmente ele é:


"O protagonista da história."


Prestar informação gera confiança e confiança proporciona credibilidade e boa fama.


Bom acho que já deu para entender, certo? Mas e o que isso tem a ver com o retorno dos tribunais? Absolutamente tudo!


Você pode aproveitar este momento para fazer um relatório de panorama processual para o cliente e indicar quais as medidas que serão tomadas agora que os processos voltaram a “andar”.


Quantos advogados fazem isso? Bem poucos. E justamente por isso funciona! não acredita? Teste e me conta depois, combinado?


Agora vamos a prospecção.


Como o retorno dos tribunais pode te ajudar a prospectar clientes?


Você pode “vender” seus serviços para outros advogados. Já pensou nisso? É o que eu faço!


No escritório coordeno a área de recursos e estratégias processuais, portanto, minha especialidade é traçar ações estratégicas em processos a partir da análise de decisões judiciais, - principalmente de tribunais superiores - e realizar os atos recursais, tais como: a elaboração do próprio recurso em si, despacho de memoriais e sustentação oral nos tribunais.


Em quais tribunais? Do tribunal local (TJ/TRF) ao STJ.


Para quem eu faço isso? Para advogados. E vou te dizer, até o ano passado já foram mais de quinhentos recursos em 11 Estados. Bastante né?, Até eu me surpreendi quando fui analisar as métricas em dezembro...


E por que estou te contando isso? Simplesmente para que você entenda que advogados também podem ser seus clientes, basta que você pegue algo que você faça bem e tenha experiência, e oferte.


E como você vai ofertar esse serviço? Redes sociais (se ainda não conferiu meu Instagram, aproveita e confere agora para entender como eu divulgo meus produtos recursais), proposta direta de parcerias, etc. Existem vários caminhos e estratégias que você pode usar basta testar. E o melhor de tudo? Por ser um produto de colega para colega, você poderá abranger suas estratégias de marketing sem ferir o nosso Código de Ética e Disciplina.


Então vai lá arregaça as mangas e parte para a ação. Ah, não esquece de me contar depois, ok?



Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page